Apresentação acontece no dia 22 de outubro, no Teatro Municipal de São Carlos, na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

No dia 22 de outubro, a Orquestra Experimental da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) faz mais uma apresentação do concerto “Infinito em todas as direções”, inspirado nas origens da matéria, do Universo e, em última instância, da vida na Terra. O projeto é uma promoção do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), integrando suas atividades de difusão científica, com realização da Orquestra e do Laboratório Aberto de Interatividade para a Disseminação do Conhecimento Científico e Tecnológico (LAbI) da UFSCar. Nesta edição, o concerto fará parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, integrando o conjunto de diversas outras atividades organizadas pela comunidade da UFSCar.

O título do concerto – “Infinito em todas as direções” – é inspirado no livro homônimo do físico Freeman Dyson e carrega com ele a metáfora do Universo e suas dimensões infinitamente grandes e pequenas, além de infinitamente belas. Partindo da ideia da Antiguidade de que os cinco elementos – Terra, Água, Fogo, Ar e Éter – seriam formadores de tudo o que existe, a apresentação conta a história da criação da matéria e da vida no Universo e em nosso planeta, aliando músicas e imagens ao conhecimento científico. Cada elemento representa um dado da criação: a Terra é a metáfora para o mundo material tal qual o conhecemos; a Água representa a origem da vida; o Fogo aparece como elemento transformador da matéria; o Ar traz a amplitude da racionalidade e inteligência humanas; enquanto o Éter leva ao espaço, ao infinito, representando a ponte entre os átomos e as galáxias.

O concerto apresenta nove músicas, sendo cinco delas inéditas, compostas especialmente para o projeto. As composições Terra, Água, Fogo, Ar e Éter são de autoria de Lenon Tagliaro, Tiago Pallone, Emiliano Sampaio, Guilherme Picolo e Vinicius Sampaio, respectivamente, com arranjos de Lucas Joly para as demais músicas. Além da performance da Orquestra, o concerto conta com narrações e projeção de vídeos produzidos pelo LAbI, também especialmente para o projeto.

Atores

O CDMF, dirigido por Elson Longo da Silva, professor da UFSCar, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), e recebe também investimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN). Uma de suas frentes de atuação, juntamente com a pesquisa e a inovação, é a difusão científica, desenvolvida em parceria com o LAbI, laboratório especializado em divulgação científica atuante há 10 anos na UFSCar, sob a coordenação de Adilson de Oliveira, docente do Departamento de Física, e da jornalista Mariana Pezzo.

Já a Orquestra Experimental da UFSCar atualmente conta com 110 músicos de diferentes idades, de São Carlos e outras cidades da região, além de estudantes de graduação e pós-graduação e servidores docentes e técnico-administrativos da UFSCar, sob a regência de Maria Carolina Leme Joly, docente do Departamento de Artes e Comunicação da Universidade, e Lucas Joly. A Orquestra, fundada por Ilza Zenker Leme Joly, é conhecida pela descontração de seus participantes, seu repertório diversificado, e pela formação instrumental diferenciada, que agrega instrumentos convencionais de orquestra a instrumentos populares.

A parceria entre o CDMF, a Orquestra e o LAbI teve início em 2015, com o “Concerto para as estrelas”, na inauguração do Observatório Astronômico da UFSCar.

Serviço

A apresentação de “Infinito em todas as direções” acontece no dia 22 de outubro, às 18 horas, no Teatro Municipal de São Carlos “Dr. Alderico Vieira Perdigão”, localizado na Rua Sete de Setembro, 1735.

Os ingressos podem ser adquiridos, ao longo desta semana, no edifício da Musicalização da UFSCar, das 13 às 21 horas. O edifício fica na área Sul do Campus São Carlos, próximo ao Departamento de Sociologia. No dia da apresentação, os ingressos também estarão na bilheteria do Teatro. O valor, em todos os casos, é R$ 10.

Mais informações estão disponíveis em www.infinito.ufscar.br e na página do LAbI (www.facebook.com/labiufscar) no Facebook.

Laboratório Aberto de Interatividade
Holler Box