A calota de gelo da Antártida foi formada 300 mil anos antes do que se imaginava, segundo uma pesquisa que envolveu cientistas de Brasil, Reino Unido, Malásia, Japão, Suíça e Estados Unidos. A pesquisa também descobriu que o aumento de carbono na atmosfera centenas de milhões de anos atrás tornou essa formação mais lenta. Conhecer o processo que permitiu a formação e manutenção dessa calota é importante para entender o que está acontecendo com ela na atual mudança climática. O trabalho está descrito em um artigo publicado na revista Nature Communications em agosto e que tem como primeiro autor Marcelo Mota, do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (IGc-USP).

Apresentação: Monyse Damasceno
Roteiro: Tiago Marconi
Câmera: Mario Gonçalves Neto
Som: Lucas Stefanuto
Edição e animação: Bruno Ferreira
Arte da capa: Henrique Matheus
Direção: Tiago Marconi
Idealização: Carla Augusta

A série Fique Sabendo é uma parceria entre o LAbI UFSCar e o ICC (Instituto da Cultura Científica William Saad Hossne).

Sobre o Autor

Laboratório Aberto de Interatividade

O Laboratório Aberto de Interatividade para Disseminação do Conhecimento Científico e Tecnológico (LAbI), vinculado à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), é voltado à prática da divulgação científica pautada na interatividade; nas relações entre Ciência, Arte e Tecnologia.

Postagens Relacionadas